Tipos de perda auditiva

Tipos de perda auditiva

 

Perda Auditiva de Condução

Qualquer problema no ouvido externo ou médio que impeça que o som seja conduzido de forma adequada é considerado como perda auditiva de condução. As perdas auditivas de condução são perdas consideradas leves ou moderadas.

Este tipo de perda pode ser temporária, dependendo da causa do problema. Os casos de perda auditiva de condução podem ser também tratados com o uso do aparelho auditivo.

A perda auditiva de condução, pode ser causada por alguns dos seguintes exemplos;

  • Rolhão de cera
  • Infeções no ouvido médio
  • Calcificação no ouvido médio

As perdas auditivas de condução não são necessariamente permanentes, depende da causa do problema, se o especialista não conseguir tratar algum dos casos a cima referidos, nesse caso é recomendado o uso de aparelho auditivo .

Na perda auditiva de condução:

Problema: As estruturas do ouvido externo, médio, como a membrana timpanica e ou os ossículos (3 ossos do ouvido) não funcionam corretamente.

Possíveis causas: Infeções do ouvido médio, ou otosclerose, lesões que causam danos aos ossículos ou malformações congénitas.

Grau e Sintomas: Pode ter perda auditiva leve a moderada severa, a voz das pessoas podem parecer mais suave, a nossa voz pode soar mais alta (como se estivéssemos a ouvir com os ouvidos tapados)

Opções de tratamento: Muitas vezes é tratada com intervenção médica. Dependendo do grau da perda auditiva pode ser tratada com aparelhos auditivos.

 

Perda Auditiva Neurosensorial

A perda auditiva neurosensorial, resulta da falta ou dano das células sensoriais (células ciliadas) na cóclea e geralmente á permanente. Este tipo de perda podem ser consideradas leve, moderada, severa ou profunda.

As perdas leves a severa podem sempre ser tratadas com o uso de aparelho auditivo.

Existem pessoas que têm perda auditiva neurosensorial apenas em altas frequências, também conhecida como surdez parcial, nestes casos, são as células ciliadas que estão danificadas.

A perda neurosensorial é a perda auditiva mais comum na sociedade, pode ser causada por alguns dos seguintes exemplos

  • Exposição a ruídos intensos
  • Infeções virais que afetam o ouvido interno
  • Traumas
  • Idade

Os efeitos são quase sempre os mesmos, dificuldade em separar a fala do ruído, sons de alta frequência e a solicitação de repetição do que foi dito.

A perda auditiva neurosensorial é permanente e não pode ser corrigida por medicamentos, mas os aparelhos auditivos na maioria das vezes ajudam bastante.

Na perda auditiva neurosensorial:

Problema: A cóclea ou o nervo auditivo não funcionam corretamente.

Possíveis causas: Hereditariedade, genética, perda auditiva provocada pelo ruído, lesões na cabeça, certos medicamentos que causam danos às células ciliadas, algumas doenças como o sarampo, meningite, papeira ou o síndrome de Ménière, o envelhecimento ou tumores no nervo auditivo.

Grau e Sintomas: Pode ter perda auditiva leve a profunda, os são não são apenas mais suaves, mas podem parecer abafados ou distorcidos, tornando mais difícil separa um som do outro.

Opções de Tratamento: Conforme o grau da perda auditiva, na maioria das vezes este tipo de perda pode ser tratada com o uso de aparelho auditivo. A perda neurosensorial severa a profunda pode ser tratada com um implante coclear. No caso de perda neurosensorial profunda só num dos ouvidos, é chamada de surdez unilateral.

 

Perda Auditiva Mista

A Perda auditiva mista é a combinação de uma perda auditiva neurosensorial e de condução, é o resultado de problemas nos dois ouvidos, interno, externo ou médio. O tratamento para este tipo de perda pode ser efetuado com medicamentos, cirurgia ou aparelhos auditivos.

Na perda auditiva Mista:

Problema: Combinação da perda auditiva de condução e neurosensorial

Possíveis Causas: Combinação da perda auditiva de condução e neurosensorial. Uma combinação de transtornos do ouvido externo ou médio e danos no ouvido interno (cócle) ou nervo.

Grau e Sintomas: pode ter perda auditiva leve a profunda. Os sons podem ter um volume mais baixo e ou ser mais difíceis de entender podem ficar distorcidos.

Opções de tratamento: Dependendo do grau da perda auditiva, pode ser tratada com aparelhos auditivos.